(27) 3722-2674

Como calcular o preço de venda das mercadorias?

Publicado por Ramon Vago em 01/12/2015

Você sabe como calcular o preço de venda de suas mercadorias corretamente ou atribui a elas um preço arbitrário?

Sabe-se que é preciso agregar os impostos, comissões e margem de lucro ao custo do produto, entretanto, normalmente os empresários não sabem como fazer isso e podem estar saindo no prejuízo. Acontece que muita gente não percebe que os impostos, as comissões e a margem de lucro irão incidir sobre o preço de venda, que você ainda desconhece antes de calcular, e não sobre o preço do seu custo. Para calcular o valor correto é necessário utilizar uma fórmula chamada de markup. Para entender melhor, veja a simulação a seguir:

Custo da mercadoria: R$ 80,00

Preço de venda: ainda não sabemos.

 

Deduções que incidirão sobre o valor da venda:

Simples nacional: 4%

Comissão do vendedor: 3%

Taxa da operadora de cartão: 3%

Margem de lucro desejada em relação ao preço de venda: 30%

Gastos fixos: 20% (leia aqui como calcular)

Total de deduções: 60%

 

CALCULANDO O PREÇO DE VENDA DA MANEIRA ERRADA

PV = Custo da mercadoria + total de deduções
PV
= 80,00 + 60% = R$ 128,00

Você vendeu o produto por R$ 128,00. Se o cliente pagou com cartão, a operadora fará o desconto. Além disso, você terá que pagar os impostos, as comissões, o fornecedor e os demais custos e despesas. O que ocorre é que os abatimentos incidem sobre R$ 128,00, e não sobre R$ 80,00. Se você fizer as deduções, descobrirá que sobrou um valor menor do que o custo do produto:

128,00 – 60% = R$ 51,20.

 

CALCULANDO O PREÇO DE VENDA DA MANEIRA CERTA

PV =   CUSTO ÷ (100 – abatimentos) x 100
PV = 80,00 ÷ (100 – 60) x 100      
PV = 80,00 ÷ 40 x 100 =  R$ 200,00

 

CONFIRMAÇÃO DO CÁLCULO

200,00 – 60% = R$ 80,00 

 

No exemplo apresentado, o preço de venda ideal seria de R$ 200,00, e não R$ 128,00 como calculamos anteriormente. Veja que diferença. É óbvio que seria impraticável definir os preços de venda unicamente com base nos custos, pois o mercado é quem manda, mas, ainda assim, é indispensável a realização de um levantamento dos preços recomendados com base nos custos, até mesmo para traçar um plano de ação. Muitas vezes estamos trabalhando com produtos que não valem a pena, quando uma apuração dos custos evidenciaria claramente a necessidade de alterar os preços de venda ou até mesmo trocar os produtos por outros com melhor margem.

 

Leituras recomendadas:

Como incluir despesas fixas no preço das mercadorias?

Como calcular o preço de venda a prazo?

O impacto da substituição tributária no preço de venda

A importância de conhecer o custo da mão de obra

OBRIGADO PELA VISITA! AGUARDAMOS SEU CONTATO

Fone: (27) 3722-2674 | eMail: [email protected]






Avenida Getúlio Vargas, 305, sala 205, Centro, CEP 29700-011 - Colatina/ES